Sinopses

A Garota Perfeita – Mary Kubica

By on 21/05/2016

Editora: Planeta de Livrosagarota

Páginas: 336

Mia, uma professora de arte de 25 anos, é filha do proeminente juiz James Dennett de Chicago. Quando ela resolve passar a noite com o desconhecido Colin Thatcher, após levar mais um bolo do seu namorado, uma sucessão de fatos transformam completamente sua vida. Colin, o homem que conhece num bar, a sequestra e a confina numa isolada cabana, em meio a uma gelada fazenda em Minnesota. Mas, curiosamente, não manda nenhum pedido de resgate à família da garota. O obstinado detetive Gabe Hoffman é convocado para tocar as investigações sobre o paradeiro de Mia. Encontrá-la vira a sua obsessão e ele não mede esforços para isso. Quando a encontra, porém, a professora está em choque e não consegue se lembrar de nada, nem como foi parar no seu gélido cativeiro, nem porque foi sequestrada ou mesmo quem foi o mandante. Conseguirá ela recobrar a memória e denunciar o verdadeiro vilão desta história?

Boa leitura, beijos! ♥

Continue Reading

Sinopses

Maestra – L.S. Hilton

By on 26/04/2016

Editora: Fábrica 231maestraPáginas: 320

Lançamento: 16/05/2016

Um dos lançamentos mais aguardados de 2016 no mercado internacional, “Maestra”, da romancista e jornalista britânica L.S. Hilton, traz uma protagonista que já está sendo comparada às personagens femininas de Stieg Larsson e de Gillian Flynn.
No livro, Judith Rashleight se divide entre o trabalho numa prestigiosa casa de leilões em Londres, durante o dia e, como hostess de uma casa noturna para homens. Demitida de seu emprego diurno quando descobre uma pintura falsa, ela suspeita de conspiração, teme pela vida e voa para a Riviera Francesa. O resultado é um thriller eletrizante e com boas doses de erotismo, conduzido por uma protagonista de moral duvidosa. O livro foi comercializado para adaptação para o cinema, antes mesmo de ser publicado, pelo produtor de Homem-Aranha e O Caça-Fantasmas, e terá roteiro de Erin Cressida Wilson (A Garota do Trem).

Se interessou pela história?

Leia um trecho: Maestra.

Boa leitura, beijos! ♥

Continue Reading

Resenhas

[Resenha] Never Never – Colleen Hoover e Tarryn Fisher (Série Never Never #3)

By on 21/03/2016

Oii, boa noite leitores!

Enfim, terminei de ler o último livro da série “Never Never”, das autoras Colleen Hoover e Tarryn Fisher. Nem senti a leitura passar, não somente por causa de ser um livro curto, como também queria saber logo o desfecho, afinal, depois de dois livros com tantos mistérios e poucas respostas, eu necessitava saber qual era a verdade por trás da falta de memória do casal.

Silas consegue encontrar Charlie antes das 48 horas, como não possuem muito tempo, se reúnem com Landon e se preparam com anotações e informações de tudo que pode vir a ser importante. Depois das 48 horas, o inesperado ocorre, Silas se mantém com suas últimas recordações, mas Charlie não e para não assustá-la, decide fingir que também está da mesma forma, com isso se juntam a Landon,irmão do mesmo e Janette, irmã da mesma e partem rumo a prisão onde o pai das meninas estão.

“-O que você mais teme esquecer?-Ele pergunta.
Abro os olhos.-Você.”

Com poucas informações e muitas dúvidas, Charlie começa a interrogar seu pai, quer saber se o que está ocorrendo consigo é relacionado a ele ou a qualquer pessoa que conheça. Depois de uma discussão, ela passa a conhecê-lo realmente e descobre que tem uma irmã, irmã essa que estava ajudando a mantê-la presa. Apesar da situação toda, o casal anota tudo que pode ser importante para quando completar as 48 horas e se preparam para a falta de memória. Em meio ao medo de passarem a vida toda nesse ritual decidem aproveitar o tempo que possuem para se conhecerem melhor e até mesmo se apaixonarem novamente. Será o amor a resposta para as perguntas abordados nesse thriller?

“-Eu poderia passar todos os dias te conhecendo de novo, Charlie, e não me cansaria disso.”

neverneverresenha2

Eu gostei muito da interação das duas autoras, elas conseguiram esquematizar um cenário e um enredo capaz de conquistar e instigar. Eu fiquei o tempo todo tentando adivinhar e juntando as peças para obter um resultado e confesso que em parte me chateei por achar que se tratava de algo maior, não que seja pouco, mas diante de tanto mistério e suspense acerca do casal, queria mais, talvez poderia até se repetir com os filhos, não sei, algo a mais para temperar,rs.

De qualquer forma eu recomendo a leitura a todos, é empolgante, bem fluida e rápida. Ah, não posso deixar de mencionar a criatividade envolvida nas capas dos livros, no primeiro temos as duas mãos separadas, simbolizando os dois juntos, no segundo apenas uma mão, significando a distância que enfrentaram e no último as duas unidas, é algo simples, mas muito representativo.

Boa leitura, beijos! ♥

Continue Reading

Resenhas

[Resenha] Nunca Jamais – Colleen Hoover e Tarryn Fisher (Série Never Never #2)

By on

Oiii, boa tarde leitores!

Terminei de ler a continuação de “Nunca Jamais” na sexta e poxa, imaginei que descobriria algo sobre o que realmente aconteceu ao casal Silas e Charlie, mas não há pistas, apenas mais mistérios. A história de “Nunca Jamais” é bem curta, você nem sente o tempo passar.

Silas acorda e percebe que perdeu a memória, não sabe quem é ao certo e se sente muito perdido. Está sentado no carro e não consegue entender o por que, mas ao contrário de Charlie, ele encontra vários papeis esclarecendo o que aconteceu e pode assim tirar dúvidas como quem ele é e informações básicas.Tentando disfarçar ao máximo, ele começa a procurar Charlie, segundo as anotações ela sumiu antes ele poder contar suas últimas descobertas, ou seja, ela pode estar em qualquer lugar completamente perdida, em perigo e ele é o único que pode ajudá-la.

“Sim, eu amo você, mas agora eu estou apaixonado por você. E, em vez de olhar para você como se fosse apenas a minha melhor amiga, agora você é a minha melhor amiga que eu quero beijar. E sim, eu te amei como um irmão ama sua irmã. Mas agora eu te amo como um cara ama uma garota.”

Tentando repassar tudo que leu, Silas começa a investigar, o problema maior é ter que lidar com pessoas que ele nem sequer sabe quem são e também não poder contar para ninguém o que está lhe ocorrendo.

“Você me disse uma vez que o excesso de bondade na vida de uma pessoa atrofia seu crescimento. Você disse que a dor é necessária, porque para que uma pessoa tenha sucesso, eles devem primeiro aprender a conquistar adversidade. E isso é o que você faz… você entrega a adversidade onde você vê que precisa. Talvez você faça isso para ganhar respeito. Para intimidar. Quaisquer que sejam suas razões, eu não posso fazer isso. Eu não posso ver você rasgar as pessoas a fim de construir-se.
Eu prefiro amar você dentro do meu coração a te desprezar às claras.”

E é entre desconfianças e medos que Silas vai fazer de tudo para encontrar Charlie e tentar entender de uma vez por todas o porque de ter sua memória parcialmente apagada a cada 48 horas e até mesmo desvendar um pequeno mistério a respeito das palavras “Nunca Nunca” que são sempre utilizadas por ele e Charlie nas cartas trocadas.

“Querida Charlie Baby,
Você fica realmente com raiva quando está com fome. Você fica nervosa. É como se você não fosse a mesma pessoa. Nós podemos guardar algumas barras de granola em sua bolsa ou algo assim? É só que eu me preocupo com as minhas bolas. Os caras estão começando a dizer que eu estou domado. E eu sei que é isso que parece. Corri como um louco para que você tivesse um balde de frango ontem e perdi a melhor parte do jogo. Eu perdi a visão do maior retorno na história do futebol. Tudo porque eu estou com medo — tão apaixonado por você.”

neverneverresenha

Eu adorei o livro, confesso que achei um desperdício terem separado a história em três volumes, são muito curtos, não faz sentido para mim. Já aviso que é um caso típico de série que é melhor estar com ela completa para ler, pois é praticamente impossível não querer saber a continuação e os títulos são completamente dependentes uns dos outros. Infelizmente apenas o primeiro foi lançado no Brasil, assim que tiver notícias sobre os demais, aviso para vocês.

Boa leitura, beijos! ♥

Continue Reading

Resenhas

[Resenha] Nunca Jamais – Colleen Hoover e Tarryn Fisher (Série Never Never #1)

By on 16/03/2016

Oii, boa tarde leitores!

A resenha de hoje envolve um thriller, eu adoro esse gênero e o mais curioso é que comecei a ler o livro por causa de um trecho que foi postado na rede social da editora. Sabe quando você bate o olho e sente que deve conhecer melhor a história? Então, foi exatamente isso que me fez começar a ler e Uau! É fantástico!

Já ouvi muitos comentários positivos da autora Colleen Hoove e há algum tempo que quero ler algum livro da mesma, por isso quando fiquei conhecendo sobre esse lançamento, achei que seria uma oportunidade excelente de leitura. Me surpreendi com a história, aliás estou me surpreendendo, porque a série é composta por três livros, o que deixa qualquer leitor super curioso e ansioso pela continuação.

Charlie e Silas são um casal, ou pelo menos, eram. Ambos perderam a memória e não sabem o motivo, nem sequer sabem quem são ao certo e isso inclui informações quanto aos seus familiares, amigos, rotina e tudo mais que cercam a vida de ambos. E o mais curioso é que se lembram de coisas simples e nem conseguem explicar como isso é possível. Sem saberem como lidar com isso, eles preferem manter tudo em segredo e tentar entender como isso de fato aconteceu e até mesmo resolver antes que as pessoas comecem a desconfiar que há algo errado.

“— Eu acho que nós somos alienígenas, — eu digo. — É por isso que não temos
quaisquer lembranças de Charlie e de Silas. Mas nós lembramos coisas como Google e Tetris por causa dos chips de computador em nossos cérebros.”

resenhailustradanj3

O problema maior da perda de memória é que não sabem como se comportar na escola, em casa e até mesmo se é correto andarem juntos, já que pelo que perceberam foram namorados, se amavam, mas algo grave ocorreu e isso os separaram.

“Você acha que pode me fazer gostar de você de novo?
Eu olho para ela e dou a minha cabeça o menor movimento.
— Não. Eu vou fazer você se apaixonar por mim de novo.”

resenhailustradanj

Charlie tenta investigar melhor em casa, mas descobre que tem uma mãe alcoólatra, um pai que está preso e uma irmã que a odeia. Já Silas tem um irmão que é legal com ele, uma mãe que ele pouco vê e um pai muito sério.

“Quanto mais ela gosta de mim, mais fechada ela se torna. Quanto mais sarcasmo ela inflige em mim. Marcas para vulnerabilidades, que a fazem se sentir fraca, por isso ela está fingindo ser mais difícil do que ela realmente é. Eu acho que o velho Silas sabia isso sobre ela também. É por isso que ele a amava, porque, aparentemente, ele gostou do jogo que jogaram.”

resenhailustradanj2

Em meio aos mistérios e investigações, Silas se vê longe de Charlie e acaba descobrindo sozinho uma pista que pode explicar o por que de estarem nessa situação, algo que pode ajudá-los a compreender o que significa essa falta de memória.

“Se você não sabe por que você está lendo isso, então você esqueceu tudo. Vocês não reconhecem ninguém, nem mesmo a si mesmos.
Por favor, não entre em pânico, e leia esta carta na íntegra. Vamos compartilhar tudo o que sabemos, agora não é muito.”

Que história, estou sem palavras! Ao mesmo tempo que gostei, também me sinto incomodada, gostei pelo mistério todo e o incômodo é devido ao final, simplesmente não há respostas, apenas mais um mistério. Eu realmente estou impressionada e muito curiosa, precisando urgente ler a continuação, rs. As autoras utilizaram um artifício que gosto muito que é alternar os capítulos com narrativas de personagens diferentes, no caso ora de Charlie ora de Silas, permitindo assim ao leitor conhecer melhor ambos.

Boa leitura, beijos! ♥

Continue Reading