Sinopses

Cress – Marissa Meyer ( Série Crônicas Lunares #3)

By on 16/10/2015

Editora: Rocco13206828

Páginas: 496

A série Crônicas Lunares, que alcançou a cobiçada lista dos mais vendidos do The New York Times e projetou o nome de Marissa Meyer no concorrido segmento da literatura jovem e young adult, está de volta. Depois de Cinder e Scarlet, a escritora norte-americana apresenta Cress, conto de fadas futurista inspirado em Rapunzel. No terceiro livro da saga, entra em cena a hacker Crescente, conhecida como Cress, aprisionada desde a infância em um satélite na órbita da Terra e forçada pela rainha Levana a rastrear a ciborgue Cinder e seus companheiros Carswell Thorne, Scarlet e Lobo.
Capturada muito jovem, Cress passou a maior parte da vida presa em um satélite, vendo a Terra do espaço e imaginando como seria viver naquele planeta tão azul. Banida de Luna, a jovem teve como companhia somente telas de computador e tornou-se uma talentosa hacker. Vigiada de perto por Sybil, a quem chama de mestra, Cress é obrigada a cumprir as ordens da rainha Levana e descobre tarde demais que usou a tecnologia para facilitar o massacre de milhares de terráqueos.
Pressionada por Sybil para encontrar a Rampion 214, a nave de carga militar roubada pelo capitão Carswell Thorne, na qual também viajam Cinder, Scarlet e Lobo, Cress tenta ganhar tempo. A intenção da hacker é entrar em contato com a tripulação de rebeldes antes que Levana possa fazer algo contra eles. Após se comunicar com a ciborgue e seus companheiros, Cress oferece ajuda na briga contra a rainha, em troca de ser resgatada do satélite. Mas, quando o plano de fuga dá errado, as vidas de Cress, Thorne, Cinder, Scarlet e Lobo ficam em perigo.
Com seu grupo separado, Cinder precisa correr contra o tempo para salvar os amigos e evitar o casamento do imperador Kai com a rainha Levana, que seria a ruína da Terra. Em uma trama repleta de ação e suspense, Marissa Meyer prende a atenção e faz os leitores contarem os dias para o lançamento do próximo volume das Crônicas Lunares, com sua surpreendente mistura de ficção científica e contos clássicos.

Se interessou pela história?

Leia um trecho: Cress.

Boa leitura, beijos! ♥

Continue Reading

Sinopses

Scarlet – Marissa Meyer ( Série Crônicas Lunares #2)

By on

Editora: Rocco13206760

Páginas: 480

Depois do sucesso de Cinder, trabalho de estreia da escritora norte-americana Marissa Meyer e primeiro volume da série Crônicas Lunares, que chegou ao concorrido ranking dos mais vendidos do The New York Times, a autora está de volta com mais um conto de fadas futurista. Scarlet, segundo livro da saga, é inspirado em Chapeuzinho Vermelho e mostra o encontro da heroína ciborgue que dá nome ao romance anterior com uma jovem ruiva que está em busca da avó desaparecida.
Criada em Rieux, na França, pela avó Michelle Benoit, Scarlet levava uma vida tranquila na fazenda da família. Quando Michelle desaparece misteriosamente e a polícia arquiva o caso por falta de provas, a neta não se dá por satisfeita e decide fazer o possível para descobrir o que aconteceu. Mas uma outra surpresa aguarda a jovem: um lutador de rua apelidado de Lobo cruza seu caminho e se oferece para ajudá-la.
Paralelamente, a ciborgue Cinder escapa da cadeia na companhia de Carswell Thorne, ex-cadete da Força Aérea condenado a seis anos de prisão. A bordo de uma nave que Thorne roubou das Forças Armadas da República da América, seu país natal, os dois partem para a Europa. Cinder, cuja verdadeira identidade é Selene, uma princesa do povo lunar e legítima herdeira do trono, quer encontrar Michelle Benoit na esperança de saber mais sobre a própria vida. Afinal, ela foi levada para a Terra ainda criança após sofrer uma tentativa de assassinato comandada por Levana, a atual rainha de Luna.
Que segredos guarda Michelle Benoit? Ela está viva ou morta? Quem a levou? Caberá ao quarteto formado por Scarlet, Lobo, Cinder e Thorne arriscar a vida em busca de respostas. Em uma trama recheada de ação e aventura, com um toque de sensualidade e ficção científica, Marissa Meyer prende a atenção e deixa os leitores ansiosos pelos próximos volumes das Crônicas Lunares.

Se interessou pela história?

Leia um trecho: Scarlet.

Boa leitura, beijos! ♥

Continue Reading

Sinopses

Cinder – Marissa Meyer ( Série Crônicas Lunares #1)

By on

Editora: Rocco11235712

Páginas: 448

Romance de estreia da norte-americana Marissa Meyer, Cinder, primeiro volume da série Crônicas Lunares, já foi editado em 23 países. Sucesso editorial na Espanha, França, Alemanha, em Portugal, no Japão e muitos outros, chega agora ao Brasil. A previsão é de que o livro seja o primeiro de quatro contos de fadas cibernéticos, que, numa linguagem ágil e acessível, transporta o leitor para um futuro distante, em que a terra, depois de quatro guerras, se divide em “comunidades” assombradas pela ameaça constante de uma invasão lunar.

Na comunidade oriental, mais precisamente em Nova Pequim, uma cidade atulhada de construções futuristas e gente que se desloca em “autodeslizadores”, vive uma adolescente de 16 anos, de nome Cinder. Depois de um trágico acidente, ela é transformada em ciborgue (metade humana metade máquina). Seus talentos como mecânica chegam aos ouvidos do príncipe Kai, que, ao procurá-la para fazer reparos em seu androide, descobre mais que uma profissional competente. Kai é tomado pela paixão.

Refém da madrasta que a humilha e a tem sob sua guarda desde a morte do marido, o cientista que a salvou, é apontada como culpada por contagiar a irmã, uma humana e amiga, atingida pela peste que há uma década assola o planeta. Cinder é entregue aos pesquisadores, na condição de cobaia. Eles, porém, descobrem que a garota é um exemplar único, que pode mudar o rumo da disputa intergalática.

O universo mágico traçado por Marissa Meyer, ao longo de 38 capítulos, envolve o leitor, que imediatamente se torna íntimo de termos como Modelo Tutor 8.6 e outras esquisitices do gênero. A prosa surpreendente flui e faz com que eles pareçam familiares. Há ação em cada página, mas também lugar para imagens tão singulares quanto as que descrevem Nova Pequim. “Os telhados de ouro pontiagudos brilhavam em cor laranja sob o sol e as janelas refletiam as luzes da cidade. As cumeeiras ornamentadas, os pavilhões diferenciados que oscilavam perigosamente perto da borda do penhasco, os templos arredondados se esticando para os céus.”

Boa leitura, beijos! ♥

Continue Reading