Resenhas

[Resenha] Era Melhor Não Saber – Barbara Taylor Bradford

By on 02/11/2017

Olá, boa noite leitores!

A resenha de hoje envolve o livro Era Melhor Não Saber, da Barbara Taylor Bradford. Finalizei o livro durante a madrugada e estava super empolgada para compartilhar com vocês minha opinião acerca do mesmo. Já conhecia a escrita da autora e havia sido cativado por um outro livro, contudo devo confessar que com este a surpresa que tive diante do enredo foi espetacular! Sabe aqueles livros que você vai lendo e tentando adivinhar qual será o desfecho e na hora que descobre percebe que jamais imaginaria e mais, que é tão surpreendente que você fica pensando como a autora conseguiu desenvolver de forma tão sagaz? Então, este é um ótimo exemplo! Cheguei a esta história devido a indicação de uma pessoa muito especial: minha mãe, hihi! Se hoje sou como sou com a leitura, em grande parte é devido a seu incentivo, incentivo este que somente aumenta a cada dia, obrigada mãe!

Continue Reading

Resenhas

[Resenha] Indicação Amazon: A Ama Inglesa – Chirlei Wandekoken (Série O Quarteto do Norte #2)

By on 21/10/2017

Olá, boa noite leitores!

A resenha de hoje envolve o segundo livro da série “O Quarteto do Norte”, da autora Chirlei Wandekoken. Eu gostei muito do primeiro livro e ao finalizar a leitura do mesmo senti que precisava ler a continuação o mais breve possível e foi exatamente o que fiz. Eu quase o li em uma única madrugada, haha, acreditam? Sim, eu me envolvi tanto com a história que nem senti o tempo passar, apenas parei a leitura porque já estava tarde e sabia que precisava dormir, rs.

Continue Reading

Resenhas

[Resenha] Segunda Leitura Finalizada da Carnatona: Louis e Noémie: Um (a)caso de amor em Paris – Giulia Mancini

By on 09/03/2017

Oii, boa noite leitores!

Faz tempo que estava querendo ler este livro, aproveitei que entrou na Amazon gratuitamente e não tive dúvidas em acrescentar na minha tbr. É uma história super curtinha, daquelas que você lê enquanto está na fila ou no transporte.

IMG_20170309_172454

Louis e Blanche são noivos, Noémie e Gael namorados, o que os casais possuem em comum? Estão na cidade luz, mais especificamente na famosa Pont des Arts, imortalizando o amor com um simples cadeado.

Apesar do momento ser romântico, Blanche acaba se despedindo do noivo para andar de bicicleta e Gael se despede de Noémie para ensaiar. Louis e Noémie ficam sozinhos na ponte, ele se encanta com o sorriso dela e ela com o olhar dele. Diante de tal conexão, decidem conversar.

Depois de seis anos, Louis e Noémie acabam se reencontrando ao acaso na mesma ponte, a diferença é que dessa vez ambos estão solteiros ou quase isso. Juntos vão se conhecer melhor e tentar cumprir uma lista que ela se propôs a cumprir anos atrás.

IMG_20170309_172433

Que conto mais amorzinho

Uma história clichê que vai acalentar o coração dos leitores apaixonados pela cidade luz. A personagem Noémie viaja para Paris com uma lista de lugares que deseja visitar e é tão empolgante poder acompanhá-la, ainda mais que a lista foi feita junto a sua mãe, o que a torna mais especial. E para quem adora um livro com trilha sonora, a autora selecionou uma playlist especial, para acessar, basta clicar aqui.

Boa leitura, beijos! ♥

Continue Reading

Resenhas

[Resenha] Triângulo de 4 Lados – Fernanda Medeiros e Adelina Barbosa

By on 22/05/2016

Oii, boa tarde leitores!

A resenha de hoje envolve o segundo livro que recebi em parceria com a Editora D’Plácido. “Triângulo de 4 lados” já estava na minha lista de leitura do Skoob e fiquei muito feliz com a oportunidade de poder ler.

resenhatriangulo (1)

Sara Alcântara tem 17 anos, adora “O Diário de Bridget Jones”, Misfits e pintar, sonha um dia em se tornar artista profissional e está cansada de ser tratada como uma criança. Mora em Santa Fé, uma cidade do interior e é apaixonada pelo seu primo Rodrigo Guano.

Rodrigo mora com o pai, a madrasta e Brent, um meio-irmão. Ele é guitarrista e com suas tatuagens e charme conquista a todos. Sara desde muito nova alimenta uma paixão platônica pelo primo e se incomoda com a paixão que Brent diz sentir por ela. A jovem gosta dele, mas não da mesma maneira e por isso vive o afastando.

Depois de muito tempo escondendo o sentimento, finalmente Sara consegue um beijo de Rodrigo e é a partir desse momento que começam a se encontrar escondidos, o fazem pois certamente a família de ambos poderiam não concordar com a união. Mesmo eles mantendo o sigilo, João,o irmão de Sara e suas amigas ficam sabendo do relacionamento e Brent também, o último não fica contente e para não sofrer prefere se afastar. Para Sara é uma grande realização poder estar junto de quem ama e para completar essa felicidade, a escola onde estuda abre uma vaga para um curso de férias em Paris e a mesma resolve se inscrever, era a chance de realizar o sonho de se aperfeiçoar como artista. Mesmo contando para todos sobre essa oportunidade, no dia em que recebe o resultado de que passou e que poderá ir para a cidade luz, algo inesperado ocorre, ao contar para Rodrigo, ele se sente incomodado e decide pedir um tempo, acha que ela poderá conhecer novas pessoas e não quer atrapalhar. Em contraposição, Sara acha um absurdo, simplesmente porque nutre um sentimento muito forte por ele, tanto que promete que nada mudará, continuará pensando nele da mesma forma.

resenhatriangulo (5)

Depois de um mês em Paris, Sara retorna e é surpreendida com Brent lhe esperando no aeroporto, não demora muito e a jovem percebe que talvez apenas ela tenha permanecido a mesma. Quando se encontra com Rodrigo, descobre que o mesmo está comprometido e até mesmo Brent, o primo o qual nutria uma grande paixão por ela não está mais sozinho, o que a deixa inquieta. Se sentindo abandonada, Sara é consolada por Matheus, o vocalista da banda do seu primo e ex-namorado e aos poucos começa a prestar mais atenção nesse novo amigo. A partir desse momento, se sente confusa a respeito dos seus sentimentos, está decepcionada com Rodrigo e enciumada pelo fato de Brent estar comprometido e apesar de achar Matheus um rapaz muito charmoso e interessante, não sabe o que sente e se sente algo pelo mesmo.

E entre choros e declarações, Sara terá que se decidir por qual vértice desse triângulo amoroso ela quer se unir.

resenhatriangulo (3)resenhatriangulo (2)resenhatriangulo (4)

Eu adorei o livro, é uma história que narra uma situação que com certeza você já ouviu e/ou já passou que é sobre o namoro entre primos, rs. Confesso que já ouvi muitas histórias e o diferencial desta é que envolve três primos e um amigo. Inicialmente não simpatizei com Brent, o achei um pouco invasivo, mas com o decorrer da história passei a gostar e entender suas atitudes, ao contrário de Rodrigo que me deixou irritada em diversos momentos, quanto a Matheus, bem ainda o acho um enigma, inclusive espero que o segundo livro explore melhor sua história, adoraria conhecê-lo melhor.

As autoras utilizaram dois recursos que ao meu ver só aproximam o leitor da história que é a alternância entre os capítulos ora com a narração da personagem principal, ora com o dos pretendentes e os balõezinhos que aparecem nos capítulos cujo a narração envolve Sara, o qual representam os pensamentos da mesma.

resenhatriangulo (6)

Um ponto que me atraiu muito no livro foi saber que o mesmo possui uma uma trilha sonora, já comentei em outros posts o quanto gosto da união livro + música, o conjunto torna a obra muito mais interessante, além de, é claro, toda vez que ouvir tal música se lembrar da história. O único fato que eu esperava mais era quanto a viagem de Sara a Paris, imaginei que fosse ocorrer algo importante, que realmente fossem explorar o local, apenas depois no decorrer da história que percebi que não fazia sentido, não era relevante ao contexto principal. Coisas de leitora apaixonada por Paris, hahaha.

Recomendo a todos que gostam de romance, é uma história apaixonante, só aviso que o desfecho é incompleto, o que quer dizer que, é fundamental ter a continuação em mãos, rs.

Obs: Estou muito contente de poder atualizar esse post com a notícia que há um spin-off  a respeito da viagem de Sara a Paris? ?  ?

Boa leitura, beijos! ♥

 

Continue Reading

Sinopses

Uma Mulher Livre – Danielle Steel

By on 09/05/2016

Editora: Recordumamulher

Páginas: 294

Lançamento: 30/05/2016

Dos deslumbrantes salões de baile de Manhattan para os horrores da Primeira Guerra Mundial… Danielle Steel nos leva para um mundo fascinante de uma jovem de espírito indomável nascida numa vida de luxo e glamour, Annabelle Worthington carrega o sobrenome, e a nobreza, de uma das famílias mais influentes de Nova York. Até que, num dia cinzento de abril, o Titanic afunda, levando junto o seu mundo. Seus pais e seu irmão mais velho estavam na viagem inaugural do majestoso navio, e apenas sua mãe sobreviveu. Para tentar confortar seu coração, Annabelle se voluntaria para trabalhar em um hospital, ajudando a cuidar dos enfermos, onde descobre sua verdadeira vocação. E, quando um homem nobre a pede em casamento, ela acredita que, enfim, voltará a ter dias felizes. Porém, novamente, o destino lhe prega uma peça, colocando-a no centro de um escândalo. Para fugir da tristeza que sua vida se tornou, ela vai para a Europa trabalhar no front da Primeira Guerra Mundial, ajudando a salvar os feridos. Na França, no auge do conflito, Annabelle consegue realizar um grande sonho: estudar medicina. O problema é que, mais uma vez, sua fé é colocada à prova, e ela precisará tentar retirar forças de uma grande tragédia se quiser renascer para uma nova vida. Com uma narrativa de tirar o fôlego e repleta de detalhes históricos, Danielle Steel nos apresenta uma de suas personagens mais fascinantes e singulares, e sua história inspiradora de dignidade, coragem e amor pela vida.

Boa leitura, beijos! ♥

Continue Reading

Sinopses

Piquenique na Provence – Elizabeth Bard

By on 06/05/2016

Editora: Rocco (Selo Bicicleta Amarela)46286814

Páginas: 400

Lançamento: 09/05/2016

O calor de dias brilhantes e ensolarados, o perfume da lavanda, os sabores da boa mesa, o toque suave da mão de uma criança pequena à procura de carinho são algumas das imagens evocadas por todo o texto. Os apelos sensoriais se intensificam diante das diferenças de cultura e das descobertas que Elizabeth faz quando troca Paris por uma localidade na Provence. Foi em Paris que ela se apaixonou por Gwandel, o que a fez mudar-se para a França e formar um novo círculo de amizades, sem o apoio da família de origem judaica. Alguns anos mais tarde, às vésperas do nascimento do filho Alexandre, o casal viaja em férias para a cidadezinha de Cereste, onde viveu René Cher, líder da Resistência aos nazistas e poeta, admirado por Gwandel. Ao saberem que a casa do poeta está à venda, num impulso, eles decidem morar lá.

Abraçar a cultura francesa, segundo Elizabeth Bard, é acostumar-se a um cotidiano em que a boa mesa tem importância fundamental. A praticidade típica dos americanos, determinados em se mostrarem “vencedores”, fazendo do sucesso – e de sua exibição – o valor primordial da existência, é rapidamente deixada de lado pela jornalista. Vizinhos acolhedores são os guias que apresentam ao casal as vantagens de fazer da vida uma celebração diária. Nesse universo menos competitivo, os dias se sucedem lentamente, permitindo que se usufrua de cada novidade, como os pratos típicos da região, cujo preparo é minuciosamente explicado em receitas que encerram cada capítulo.

O projeto de vida à francesa se consolida depois que o marido deixa o cargo de executivo numa companhia cinematográfica para abrir uma sorveteria artesanal – que ganha críticas entusiasmadas de guias turísticos e se torna uma das cinco melhores da França. Piquenique na Provence mostra, entre receitas tentadoras e com um texto inteligente e bem-humorado, a trajetória de uma jornalista norte-americana aprendendo os truques da maternidade francesa, uma família encontrando uma nova paixão profissional e a iniciação de uma cozinheira na culinária clássica da Provence. Uma deliciosa mistura de “Comer, rezar, amar” e “Um ano na Provence”, com potencial para se tornar um longseller do catálogo da Rocco como “Sob o sol da Toscana”, de Frances Mayes.

Boa leitura, beijos! ♥

Continue Reading