Projeto Like The Blue Bird

[Projeto Like The Blue Bird] Clube dos Corações Partidos – Alex Well

15/07/2018

Olá, boa tarde leitores!

O livro escolhido para a leitura coletiva foi o conto Clube dos Corações Partidos, do Alex Well.

Páginas: 169

Emily Mitchell queria poder voltar… voltar para quando ela e o melhor amigo, Jimmy, não se tratavam como estranhos; para quando o namorado Aaron não era um traidor e mentiroso. Mas,infelizmente, para Emily as coisas estão diferentes do que ela imaginou. Junte tudo isso ao fato de ela ser obrigada a escrever sobre coisas sem sentido, como por exemplo: “A dieta do sushi é mesmo boa? Descubra!” quando, na verdade, ela gostaria de poder escrever sobre coisas com as quais as pessoas realmente se importassem. Pois é, Emily precisa assumir as rédeas da situação e colocar sua vida de volta nos trilhos.

Lauren Pollard já não é mais a mesma garota que, no passado, costumava ser: divertida e animada. Ela tornou-se dispersa e arredia e sente como se estivesse sendo constantemente julgada por todos à sua volta. Bem, às vezes ela acha que tudo isso não passa de uma invenção da sua cabeça. Para piorar, Lauren também não tem tido muita sorte ultimamente: o noivo, Penn, resolveu adiar – por tempo indeterminado! – o casamento. E agora? Como agir? O que fazer? Lauren não sabe.

Em um dia banal, Emily recebe uma misteriosa encomenda: uma caixa, sem remetente ou qualquer indício de quem a tenha enviado. Intrigada, ela aceita a encomenda e fica ainda mais confusa com o conteúdo da caixa: um rádio vermelho, em estilo vintage, e uma carta. Ao que parece, o pequeno rádio portátil se chama Berto e, por alguma razão, (sem sentido) ele se auto-intitula um “mecânico de corações partidos”. Emily ainda não sabe, mas o pequeno rádio vermelho está convidando-a a acordar para a vida e, quem sabe, com um pouco de sorte, as coisas possam finalmente dar certo.

Enquanto luta para se manter firme, Lauren começa a aprender mais sobre si mesma. Vivendo um dia após o outro, enquanto se depara com diversas surpresas no meio do caminho, ela começa a perceber que ser uma mera espectadora da própria vida talvez não seja a melhor forma de lidar com as mais diversas situações.

Com capítulos que se alternam entre Emily e Lauren “Clube dos Corações Partidos” mostra que as vezes tudo o que um coração partido precisa é a chance de recomeçar.

 

Adriana Catosio – Uma Paixão Chamada Livros

História de Emily e Lauren, separadas por capítulos intercalados, suas vidas amorosas e a tentativa de curar seus corações partidos. Em 3° pessoa, deixa o leitor distanciado das emoções expostas. Personagens superficiais e fúteis. Narrativa acessível, bom final, mas previsível.

 

Bia Constante – Books and Birds

Em “Clube dos Corações Partidos” conhecemos Emily e Lauren, duas mulheres bem distintas que aprendem aos poucos a lidar com seus sentimentos e seus respectivos corações partidos.
Foi uma leitura clichê, rápida e leve composta por trechos interessantes!

 

Mayara Amorim – Coelho da Lua

A história de Emily e Lauren, apesar de ter uma narrativa leve e agradável, é bem previsível sobre como lidar com seus sentimentos.

 

 

Mês que vem será realizada a leitura de Senhorita Aurora, da Babi A. Sette. Estou super empolgada para reler um livro que tanto gostei e que ganhou novas cenas e emoções!

Editora: Verus

Páginas: 342

Nicole é uma jovem bailarina e está prestes a realizar seu sonho: estrear no papel principal em uma peça na Companhia de Ballet de Londres. Tudo estaria perfeito se não fosse pela presença de um dos seus diretores, o temido Daniel Hunter, um maestro prodígio de temperamento difícil, com um humor sombrio e que desperta em Nicole sentimentos contraditórios. Quando uma tempestade de neve isola os dois em uma mansão centenária, Nicole e Daniel serão obrigados a encarar não apenas os segredos que atormentam o maestro, mas também uma paixão proibida — e avassaladora — que nasce entre eles. Entre a tão sonhada carreira na dança, um amor intenso como ela nunca sentiu e a própria segurança, Nicole se verá diante de escolhas que parecem impossíveis. E caberá a ela resgatar Daniel de seu próprio passado… Senhorita Aurora é um romance poderoso, tocante e perturbador, que mostra que todos merecem uma segunda chance, até mesmo alguém com fama de monstro.

O que acharam das mini-resenhas?  Já leram o título? Se sim, o que acharam da história? Me contem nos comentários!

Boa leitura, beijos!