Resenhas

[Resenha] Desde que te Vi – Grazi Fontes (Série Conflitos #1)

05/03/2018

Olá, bom dia leitores!

A autora Grazi Fontes lançará no dia 19 de março o livro Desde que te Vi, o primeiro da série Conflitos. O título já está disponível em pré-venda e para os leitores que adquirirem durante este período ganharão brindes, portanto não deixem de aproveitar! A edição física será lançada ainda este semestre, vamos aguardar! A convite da Grazi realizei a leitura da história e hoje venho contar para vocês o que achei!

Páginas: 409

Sinopse:

É possível recuperar um passado que foi interrompido e seguir em frente sem que as consequências de seus atos cobre seu preço?
A vida de Elliot foi construída entre mentiras, omissão e manipulação. Desiludido, ele desaparece deixando para trás seus compromissos, mas há algo que o impede de seguir em frente; seu coração não consegue esquecer o passado com Susan e quando descobre a verdade sobre sua separação, ele não hesita e se esquece de todo o risco que uma reaproximação com ela pode causar.
Um passado conturbado… Um coração partido mais de uma vez… Abandonada pela maioria das pessoas que ama, Susan enfrenta dificuldades diárias tentando ser forte e evitar se recordar do passado, mas mesmo se esforçando para evitá-lo, não há como fugir dele, não quando há uma história mal resolvida. O que você faria se, todos os dias, tivesse que brigar consigo para não ser igual a sua mãe?
É assim a vida de Susan, que tem muito medo de seguir o mesmo exemplo de sua mãe e, por isso, batalha todos os dias para não ser igual a ela.

Depois de nove anos, Elliot volta para a cidade de Avon Park a procura da mulher que ele chegou a pensar que tivesse simplesmente o abandonado. Por mais que ele tenha tentado esquecê-la, o sentimento que ainda sente é tão forte que ele sabe que nunca mais amará ninguém tão intensamente e antes de visitar sua avó ele somente consegue pensar que ao reencontrar a jovem tudo será resolvido de maneira fria e rápida. Contudo, nem tudo sai como ele planeja e segredos do passado são expostos e os papeis de “vilões” e “mocinhos” são invertidos.

Susan já sofreu muito na vida e quando pensa que será feliz ao lado de quem ama e com o novo ser que está para chegar, ela é surpreendida com uma proposta indecorosa e suas convicções são duramente quebradas. Depois de nove anos e uma nova realidade, Susan apesar de viver em uma cidade onde todos fazem questão de lembrá-la sobre situações vividas e a pessoa que ela mais ama no mundo a fazer recordar a todo momento de um amor do passado, ela tenta ser feliz, contudo mal pode imaginar a reviravolta que sua vida dará com a chegada de um certo alguém.

Em meio a segredos do passado, uma ex-namorada obsessiva e um emocionante reencontro, Susan e Elliot precisarão lutar e conversar muito acerca do passado para conseguirem enfim construir um belo presente e posteriormente um futuro juntos.

Eu adorei a história! A autora trabalhou no desenvolvimento de tal modo que o leitor começa a se envolver pouco a pouco com o ambiente e os personagens e quando menos espera já está completamente cativado. A narração foi feita em terceira pessoa e há uma alternância de sentimentos e pensamentos dos personagens, o que permite ao leitor conhecer melhor sobre cada um.

No decorrer do enredo senti aquela expectativa, aquela vontade de saber o que iria acontecer nos próximos capítulos e apesar de ter desconfiado de alguns fatos, acabei sendo surpreendida com o desfecho! Aliás, que desfecho! Eu finalizei a leitura com aquele gostinho de quero mais, sabe?! Muitas perguntas ficaram sem respostas, respostas estas que serão encontradas nas continuações e o fato de terem sidos abordados muitos assuntos intensos como o vício com as drogas, jogos de azar, alcoolismo, bullying e demais (não vou citar mais para não dar spoilers, haha) acarretou em inúmeras reflexões.

Não posso deixar de mencionar também um ponto muito marcante que foi citado principalmente nas últimas linhas, algo que faz pensar no quanto a vida é curta e como não damos valor as pessoas, apenas os fazemos quando as perdemos e nada mais pode ser feito. Infelizmente sentir saudade machuca e quando essa saudade se instaura ao acaso, sem a pessoa esperar, ah, a dor é muito maior, por isso penso que por mais que a situação seja complicada e por mais que pareça que não há perdão, saiba que guardar rancor não traz nada positivo, pelo contrário. Perdoe, converse, ame! Aproveite quem está ao seu lado, pois não sabemos se o amanhã chegará e se será possível falar um simples “oi, como você está?”, ou até mesmo um intenso “eu te amo”!

Quotes

“Queria vê-la, mas não saberia como reagir, não depois de tanto tempo. Encontrar Susan agora era como cair em uma areia movediça e ser sugado para baixo, até se sufocar completamente.”

?

“É muito estranho quando você, num momento de plena satisfação e alegria, toma uma atitude impensada capaz de transformar aquele momento, trazendo tristeza,  mesmo que signifique fazer o bem a alguém, mas não aguenta as consequências do rumo que decidiu seguir. Essa é a vida, cheia de tropeços e totalmente complicada.”

?

“Há coisas na nossa vida que não estamos preparados para vivenciar, experimentar ou conhecer, até alguém próximo precisar de você. Então você precisa agir de qualquer forma, até encontrar o caminho certo a seguir. A vida é cheia de ensinamentos e, não importa o quanto nos sentimentos experientes, nunca estaremos preparados para absolutamente nada.”

?

Algumas pessoas quando compartilham da mesma dor, elas acabam se identificando, se unindo e se conectando, apenas uma pessoa que conhece a sua dor e sabe o que está sentindo, é capaz de te compreender tão bem. É assim com você e comigo, Elliot. Você perdeu seus pais. E eu nunca tive os meus de verdade.”

?

“– Fizemos escolhas erradas e temos que arcar as consequências das nossas escolhas, é assim a vida, Elliot. Temos que estar preparados e saber que, mesmo quando achamos que a escolha que fizemos é certa, ela pode não ser na verdade e lá na frente, cobrará seu preço.”

?

“É assim que a vida funciona. Ela te dá o que tanto precisa e deseja, e sem que perceba o quanto anseia por aquilo, ela tira de você, sem piedade.”

 

Trilha Sonora 

Ao início de cada capítulo o leitor encontra o trecho de uma música, música esta que pode ser ouvida no decorrer da leitura. Eu li o livro acompanhada com as canções e foi uma experiência maravilhosa! Adorei a seleção, conhecia a maioria e até aproveitei para cantarolar, hihi!

O livro possui alguns trechos mais quentes, portanto acho importante avisar para que nenhum leitor seja surpreendido, seja devido a faixa etária e/ou por não gostar. Confesso que eu não gosto de trechos muitos explícitos, mas no caso deste livro como não são muitos, a minha experiência não foi atingida de forma negativa, pelo contrário, haha!

Para finalizar, quero agradecer à autora Grazi Fontes pela oportunidade! Foi uma honra poder conhecer esta história antes do lançamento e saber que confia e gosta do trabalho que realizo me deixa muito feliz! Muito, muito obrigada! Que você tenha muito sucesso e inspiração! Mal posso esperar para ler os demais livros desta trilogia que tenho certeza que serão tão bons e/ou melhores que este!

Boa leitura, beijos!