Resenhas

[Resenha] Próxima Parada – Bruna Fontes, Júlia Braga, Marcele Cambeses, Mel Geve, Tamara Soares, Thati Machado e Vanessa S. Marine

10/10/2017

Olá, bom dia leitores!

Hoje venho trazer para vocês a resenha do livro de contos “Próxima Parada”, das autoras Bruna Fontes, Júlia Braga, Marcele Cambeses, Mel Geve, Tamara Soares, Thati Machado e Vanessa S. Marine.

O livro é composto por sete contos que envolvem um enredo onde o ambiente principal é um ônibus e a trama uma conversa (primeiro beijo, sexualidade, faculdade…) entre duas pessoas. Quem está acostumado com o transporte sabe como o mesmo é o lugar ideal para se refletir acerca da vida, dormir, ler, conversar e até mesmo relaxar com uma boa música e é desta forma que a cada história lida o leitor acaba se identificando e/ou recordando de alguma situação que vivenciou. Eu por exemplo passei os últimos cinco anos indo e voltando da faculdade de ônibus e diante de tantos dias seguindo o mesmo percurso não há como não se lembrar das inúmeras histórias, cochilos, risadas, talvez pequenas lágrimas, hihi, alegrias e desabafos. É tempo demais “preso” em um veículo com outras pessoas, pessoas estas que acabam se tornando uma família, que compartilham momentos bons e outros nem tanto.

Como são contos bem curtos, ao invés de falar um pouquinho de cada enredo, decidi selecionar no mínimo um trecho de cada. Espero que gostem!

Idas e vindas – Bruna Fontes 

Amor não acontece em um piscar de olhos como em filmes adolescentes ruins ― eu confirmei.”

“― Tudo é uma trajetória. Você não pode acelerar o tempo, não pode se teletransportar daqui até o ponto final. Tem que chegar até ele, do jeito comum, do jeito que a gente pode. Um passo de cada vez… Uma trajetória… Sabe?”

 

Sete minutos – Júlia Braga

“— Talvez a gente devesse praticar mais… — Eduardo sugeriu, meio sem pensar. Apenas
quando as palavras escaparam para o mundo foi que ele se tocou de como aquilo tinha
soado. Ele quisera dizer que deviam praticar mais de forma geral, não necessariamente um com o outro. Mas tentar se retratar agora seria apenas colocar mais lenha na fogueira. Com os olhares presos um ao outro, nenhum dos dois ousava sequer respirar. Era extremamente reconfortante saber enfim a verdade sobre o beijo nos Sete Minutos no Céu, mas era uma coisa completamente diferente sugerir algo assim.”

 

Transbordante – Thati Machado

“― Nós somos dois garotos, eu sei. Mas tive muitos anos para entender que o amor não
tem gênero. É só amor…”

 

Querer é poder – Vanessa S. Marine

“Se cada pessoa é uma poesia, Maristela é o meu poema favorito.
E eu nem gosto de poesia.”

 

Espelho – Mel Geve

“Se antes o rapaz expressava o mais puro cansaço combinado com um vazio imensurável
na alma, agora não conseguia deixar transparecer nada além de encanto.
Encanto pela jovem morena apaixonada por seu livro.
Risonha, aflita, surpresa.
Totalmente entregue àquelas palavras mágicas.
― Bom, né? ― ele comentou sem compreender exatamente o porquê, enquanto indicava
o livro com a cabeça.
― Nossa! ― ela exclamou em resposta ― Você nem imagina.”

 

Juntos – Tamara Soares

“Otário, como minha melhor amiga costumava chamá-lo, dizia que o meu gosto era muito eclético. Mas não de uma forma ruim, como se eu não soubesse do que gostar. O que Otário queria dizer com isso era:
— Você tem o dom de achar o melhor em tudo.”

 

Os cinco estágios – Marcele Cambeses

“Soube que você nutria, bem dentro de si, a crença de que são os momentos ruins que nos conduzem às vitórias, e que os contratempos cotidianos te eram bem-vindos como
oportunidades de amadurecer.”

“— Botões são menos frágeis que pétalas.
— Mas são as pétalas que embelezam o mundo ao captarem a luz do sol.”

Estava empolgada para realizar esta leitura e devo mencionar que foi uma ótima experiência! Ao chegar no último conto descobri que todas as histórias se passam no mesmo dia, mesmo ônibus e com o mesmo motorista, achei adorável, haha!

Eu finalizei a leitura de “Garota Exemplar” no domingo e estava precisando mesmo de uma leitura mais tranquila e rápida que promovesse alguns sorrisos bobos. Eu adorei a playlist, cantei algumas músicas que já conhecia e aproveitei para adicionar outras que ainda não, hihi! Minha única ressalva é quanto a duração dos contos, eles são tão curtinhos que você fica com aquele gostinho de quero mais, querendo saber mais sobre cada personagem e sobre o depois. Sim, se você já leu alguma resenha minha acerca de algum conto sabe que quase sempre faço essa ressalva, hahaha!

Boa leitura, beijos! ♥