Resenhas

[Resenha] A Esperança – Suzanne Collins (Trilogia Jogos Vorazes #3)

22/07/2017

Oii, boa noite leitores!

A resenha de hoje envolve o livro “A Esperança”, o último da trilogia “Jogos Vorazes”.

Depois de ter sido resgatada e descobrir por Gale que o distrito 12 foi destruído, Katniss agora se encontra no distrito 13, um distrito que até então todos pensavam estar desabitado, mas que, não somente está habitado, como possui uma presidente, cujo o nome é Alma Coin. O local é repleto de regras e as punições para o não cumprimento das mesmas é intenso. Ao contrário de Katniss, Peeta não consegue ser resgatado e vira prisioneiro na Capital. Apesar de ser mantido vivo, ele acaba sofrendo muito mais quando lhe desordenam seus sentimentos e recordações acerca do passado, principalmente com relação a Katniss e isso com o intuito de destruí-la.

Escolhida para ser o símbolo da revolução, Katniss inicialmente se opõe, não acredita ser a melhor para o papel, contudo, seu desejo de salvar Peeta, proteger sua família, amigos e os demais distritos é tão grande que acaba concordando. Diante de alianças inesperadas, uma guerra e muita ação, a jovem fará de tudo para concluir seu objetivo: matar o presidente da Capital.

Eu estava super ansiosa para saber qual seria o tão esperado desfecho e confesso que me decepcionei um pouco. Demorei para ser cativada e quando comecei a me empolgar, os acontecimentos se tornaram tumultuados e o desfecho foi um tanto quanto frustrante, a autora acabou pulando explicações acerca de algumas situações e a decisão da protagonista por um dos mocinhos não foi muito justa, até porque ela não escolheu propriamente, apenas ficou com o que estava disponível no momento.

No geral, a série distópica possui um enredo intenso que por diversas vezes “obriga” o leitor a parar para poder respirar e repensar sobre o que está lendo. A desconstrução dos personagens foi um ponto alto, em “Jogos Vorazes”, os personagens são pessoas reais que possuem muitos problemas, que acumulam tristezas e que sonham com pouco, um pouco que temos e nem sempre valorizamos. Apesar de haver romance, o foco da distopia é a ação, a guerra, os conflitos gerados pela luta pelo poder e até mesmo o culto a beleza e a importância que isso tem junto ao poder, é chocante!

A força demonstrada por Katniss é impressionante, ela passa por dois jogos e ainda vivencia situações tão fortes que te faz refletir como ela consegue. Foi admirável a construção da mesma pela autora, precisamos de mais personagens emponderadas e marcantes nos livros!

Agora que finalizei a trilogia dos livros, vou aproveitar para assistir aos filmes, estou curiosa para saber quais os atores e atrizes foram escolhidos e os cenários.

Apesar de ter terminado de expressar minha opinião acerca da obra, sinto que muitos pontos ainda serão debatidos na minha cabeça ao longo do tempo, pois é a típica série que aciona muitos gatilhos. Prometo atualizar a postagem, caso isso aconteça e caso eu ache que seja interessante complementar.

Já leram a trilogia? Se sim, o que acharam? Me contem nos comentários!

Boa leitura, beijos!