Resenhas

[Resenha] Doce perdão – Lori Nelson Spielman

08/05/2016

Oii, boa noite leitores!

Faz tempo que estava de olho nesse livro, já li “A Lista de Brett” da mesma autora e me apaixonei pela história. A escrita da mesma cativa o leitor do começo ao fim, o que me deixou animada para partir rumo a mais uma aventura/romance.

Hanna Farr é uma famosa apresentadora de TV, seu programa diário é acompanhado e adorado por muitas pessoas. Hanna namora o prefeito da cidade já há algum tempo e sabe que deve manter as aparências para não prejudicar a carreira e reputação do mesmo. Mal sabe ela que o momento tranquilo pelo qual esta passando está prestes a acabar.

doceperdaoresenha

Pelo país todo só se fala sobre as pedras do perdão de Fiona Knowles. As pedras simbolizam o perdão, funcionam da seguinte maneira: a pessoa que quer ser perdoada envia para a pessoa que maltratou, ofendeu duas pedras e caso o perdão seja aceito, a mesma devolve uma delas. E é dessa maneira que Fiona tenta fazer as pazes com Hanna, quando jovens elas tiveram alguns conflitos, a primeira lhe atormentava na escola e por isso depois de tanto tempo sentiu que era hora de pedir desculpas e lhe mandou as pedras, mas Hanna simplesmente a ignorou. Isso até o momento presente que a situação como um todo poderia vir a se tornar uma ótima oportunidade profissional.

“Alguns amigos são como nossos moletons favoritos. Na maior parte dos dias, optamos por blusas e camisetas. Mas o moletom está sempre ali, no fundo de nosso armário, confortável, conhecido e pronto para nos manter aquecidos nos dias de
ventania.”

doceperdaoresenha2

Hanna apesar de ter uma vida relativamente feliz e calma, é atormentada pelo passado mal resolvido e seu namorado acha melhor manter velhas recordações esquecidas. O que ocorre no entanto é que as recordações envolvem sua mãe. Quando mais nova, a jovem se envolveu em um mal entendido com o padrasto e o acusou de ter se aproveitado, quando na verdade não tem certeza se realmente foi que isso que aconteceu ou se foi um mero mal entendido, o caso é que na época isso lhe causou um ruptura com a mãe e de certa forma arruinou a vida da mesma e do parceiro perante a todos durante anos. E desde então, Hanna se sente incomodada e com a história das pedras do perdão, sente que pode reverter a situação, mas para isso tem que decidir se segue seu coração e conserta os erros do passado ou se mantém uma vida aparentemente feliz com o peso de não ter sido perdoada.

“— Ah, querida, você não vê? Não é a mentira. Nunca é a mentira. É encobrir que nos arruína.”

doceperdaoresenha3

Que história, eu comecei a ler e pensei que pudesse ser um romance bem levinho, desses que nos entretêm nas tardes de domingo e me enganei. É uma narrativa intensa, cheguei no trecho em que a personagem se reencontra com a mãe e o padrasto e tive que parar para refletir, foi um pouco chocante. Gostei muito do romance que a autora desenvolveu entre a personagem principal e um personagem que inicialmente nos é apresentado como secundário.

Apesar de ser um bom livro, devo ressalvar que o final me deixou um pouco desanimada, a autora preferiu deixar um clima de mistério no ar e não revelar o que realmente aconteceu com Hanna e seu padrasto, tentei entender o lado da Lori, mas infelizmente não consegui concordar, é como se o livro não tivesse final. Deixou a desejar nesse ponto, mas ainda assim recomendo, é uma história que nos faz repensar sobre a vida e os relacionamentos.

Boa leitura, beijos! ♥