Resenhas

[Resenha] Para Sir Phillip, com Amor – Julia Quinn (Série Os Bridgertons #5)

By on 08/01/2016

Oii, bom tarde leitores!

A resenha de hoje envolve um livro da Julia Quinn ♥ ♥ ♥

Eloise Bridgerton está com 28 anos e é solteira, está nessa condição por opção, rejeitou diversas propostas de casamento e como compartilhava da situação com sua melhor amiga Penelope, não se importava. Mas o que não esperava aconteceu, sua amiga se casou com seu irmão Colin Bridgerton e por mais que Eloise ficasse feliz, também se sentia triste por achar que fosse ficar sozinha e que a amizade entre ambas iria mudar.

Depois do casamento de Penelope, os irmãos Bridgerton ficaram se perguntando o por que de Eloise se apresentar sempre com as mãos sujas de tinta e tal qual eu imaginei, era por conta de um possível pretendente.

Eloise começa a se corresponder com Phillip por conta da morte de sua prima distante Marina, a mesma era casada com ele e a jovem sentia que devia mandar suas condolências. Mas o que era para ser apenas uma carta rápida com meia dúzia de palavras gentis, se transforma em inúmeras correspondências mensais. Depois de um ano mantendo contato, Phillip resolve propor casamento a Eloise e a mesma para ter a certeza de que é a escolha certa resolve comprovar pessoalmente, o único detalhe é que o faz sem avisar ninguém.

Phillip foi casado com Marina durante oito anos, mas infelizmente não teve um casamento feliz, a esposa era uma mulher muito deprimida e abatida, que quase sempre preferia ficar só, tanto que foi até a morte. Com a partida da esposa, ele se vê perdido, sem saber como cuidar dos dois filhos, até porque nunca tinha sido um pai muito presente e sabia que assim que passasse o período de luto, teria que arrumar uma esposa e/ou mãe para seus filhos e não podia imaginar que seria alguém como Eloise Bridgerton, a prima distante de sua mulher.

Durante a estadia de Eloise na casa de Phillip ocorre pequenas contradições, ele esquece de abordar nas cartas que tem dois filhos, o que para a mesma é fundamental e ele a acha muito faladeira, ou seja, inicialmente eles não sentem o impacto do amor à primeira vista,rs.

E como com todo casal, vão perceber que para manter um relacionamento é necessário que ambos cedam em alguma ocasião e que o casamento é o companheirismo do dia a dia, é carinho, zelo, atenção,amizade, segurança e acima de tudo saber que você pode contar com o outro em todos os momentos, sendo eles tristes e/ou felizes.

DSCF8980a

parasir2resenha

Eu amo os livros da autora e sou completamente apaixonada pela Família Bridgerton, eles são tão maravilhosos que é como se eu os conhecesse, digo, na vida real entende,rs?! A escrita da Julia é muito envolvente, poder conhecer cada pensamento dos personagens é incrível, já fico pensando que vou ter que desacelerar a leitura dos outros livros para não ficar órfã tão cedo.

Boa leitura, beijos! ♥

Continue Reading

Sinopses

Morte em Pemberley – P.D. James

By on

Editora: Companhia das Letrasmortemperberley

Páginas: 344

O ano é 1803. Elizabeth Bennet e Fitzwilliam Darcy já estão casados, tiveram dois filhos e sua felicidade na imponente propriedade rural de Pemberley parece inabalável. Mas a paz do lugar é ameaçada quando, na noite da véspera do baile anual de Pemberley, Lydia, uma das irmãs Bennet, chega à mansão gritando que o marido, George Wickham, foi assassinado na floresta. Com este ponto de partida, P.D. James retoma o universo do clássico Orgulho e preconceito, de Jane Austen, numa trama de assassinato em que nada é o que parece.
Sobre este romance, a autora disse que uniu suas duas maiores paixões literárias: as histórias de detetive e a obra de Jane Austen. Fãs de Orgulho e preconceito vão encontrar uma diversão adicional ao reconhecer referências e conhecer o destino de alguns de seus personagens favoritos. Se o romance original trata do casamento, Morte em Pemberley, mais do que uma digna homenagem, faz justiça às melhores histórias de assassinato.
Morte em Pemberley segue a tradição dos grandes romances de mistério sobre a aristocracia inglesa. P.D. James, criadora do detetive Adam Dalgliesh, estrela da maioria dos seus livros, combina seu vasto conhecimento da obra de Austen a um suspense eletrizante, em que nem o grande casal da literatura inglesa está acima de qualquer suspeita.

Se interessou pela história?

Leia um trecho: Morte em Pemberley.

Boa leitura, beijos! ♥

Continue Reading