Resenhas

[Resenha] Não Pare! – FML Pepper ( Trilogia Não Pare #1)

By on 31/12/2015

Oii, bom dia!
Eu não esperava fechar o ano com essa resenha, imaginei que fosse ficar para o ano que vem. Terminei a leitura duas noites depois de começar e estou inebriada com a história, sabe aquele livro que te fascina do começo ao fim? Então, com o “NÃO PARE!” foi assim, é maravilhoso e aborda sobre um personagem que não tinha lido anteriormente em nenhum outro livro, pelo menos não da maneira como é descrita, estou falando da Morte.

Nina Scott mora com sua mãe, Stela, e sempre quando começa a se enturmar, ter amigos e se acostuma com a escola, sua mãe decide que é hora de se mudar.

Nina se vê rodeada de perguntas, não entende por que apenas ela possui pupilas verticais, as quais são camufladas por lentes, porque precisa usar sempre um colar com cheiro cítrico e porque que sua mãe é tão preocupada, mas preocupada ao extremo com sua segurança, sempre que ela se encontra em uma situação que apresente mínimo perigo a mesma pressente e liga, é estranho, parece mais do que um simples sentido maternal.

Além disso a jovem sempre quis saber a verdade sobre o pai, se ele a abandonou, se está morto e Stela nunca gostou de falar sobre o assunto, ficando assim uma lacuna em aberto.

Depois de muitas cidades e países, Stela anuncia que enfim ficarão em apenas um lugar: Nova York, a cidade que Nina sempre gostou e não parece real, tudo que a jovem sempre sonhou está prestes a acontecer, vai poder fazer novas amizades e aproveitar mais as pequenas coisas que apenas os moradores locais aproveitam.

Assim que Nina começa na nova escola, estranha um pouco por não ser a única novata, há mais alunos novos e dois em especial lhe chamam a atenção, Kevin com seu charme e gentileza e Richard com seu jeito grosso e irritante.

Apesar do desagrado de ter que conviver com Richard, Nina se sente bem na nova cidade, só não consegue entender a causa dos calafrios e o mal estar que lhe acompanha em algumas situações e o pior é que sempre é acompanhado de alguma morte. Sem saber o que fazer e sem se sentir confortável em compartilhar isso com sua mãe, começa a achar que é coisa da sua cabeça. Será que essas mortes trágicas realmente têm algo a ver com a mesma ou é apenas uma mera coincidência? E como explicar a sensação de ver olhos azuis no momento dos acidentes, como se estivesse sendo salva por alguém?

São muitas perguntas sem respostas e Nina vai ter que decidir se confia em uma figura que até então não imagina estar tão próxima.

naopareresenha

naopareresenha1naopareresenha2

“Não Pare!” já estava na minha lista de leitura há um tempo e sempre tive muita curiosidade a respeito da história, aproveitei a promoção “Bombom de ler” e não tive dúvida quanto a escolher a obra em questão para ler.

É fantástico, a história é muito interessante e cativante, não consegui desgrudar os olhos da tela um minuto, recomendo a todos que gostem de um bom mistério, romance e que queira conhecer  a Morte mais de perto, parece sombrio, mas vai por mim, vale a pena, só aviso que a mesma é bem atraente,rs.

Boa leitura, beijos! ♥

Continue Reading

Resenhas

[Resenha] Meu Romeu – Leisa Rayven (Série Starcrossed #1)

By on 30/12/2015

Oii, boa noite!

Vou começar a resenha já avisando que o livro é indicado para maiores de 18 anos, é claro que sei que atualmente é difícil controlar, mas é meu dever avisar para que ninguém seja surpreendido.

Esse livro e a continuação “Minha Julieta” estão sendo muito comentados e foi por isso que adiantei e resolvi ler, estava curiosa para conhecer, um pouco receosa porque não gosto muito do gênero, mas achei que merecia uma chance.

Cassie e Ethan se conheceram quando estavam fazendo um teste para entrar na escola de teatro, de certa forma foi atração à primeira vista. E como nosso querido destino sempre quer ajudar, eles acabaram tendo que contracenar juntos e o desempenho de ambos seriam avaliados e contaria pontos, Ethan com seu jeito sério estava preocupado já que seria sua última chance para entrar na escola e ter que depender do comprometimento e do sucesso de uma novata não lhe agradava muito.

Para Cassie entrar na escola era mais que um sucesso, era uma conquista importante, seria a liberdade que ela tanto queria, viver novas experiências e poder concretizar um sonho. E para sua felicidade ou tristeza começara bem, estava perdida diante de pessoas tão diferentes e Ethan lhe deixou curiosa e acima de tudo lhe atraiu.

Depois de todos os testes, eles conseguem passar e entre conflitos e entendimentos, o casal entra em um relacionamento complicado, ela está pronta para ter algo mais sério, mas ele reluta, não tem certeza sobre isso.

No decorrer do livro, a história é narrada em dois tempos, ora conta o passado do casal, de como se conheceram e como foi o namoro, ora o momento presente, que Cassie vai realizar seu sonho de se apresentar na Broadway, mas com a ressalva que o protagonista é seu ex-namorado Ethan e o reencontro mostrará que o que ambos tem vai além de apenas atração.

Eu não sei se fui com muitas expectativas ou se não estava no clima do romance, mas achei a leitura normal, não me atraiu tanto quanto eu imaginava, é sim um romance avassalador, mas eu me perdi um pouco na história a respeito de por que terminaram e algumas cenas foram previsíveis para mim, é como se eu já soubesse qual seria o desfecho, mas não quero desanimar nenhum leitor, é um livro bom e sim, eu vou ler a continuação e o especial de natal que a autora disponibilizou no Glass Paper Ink Book Blog e no Wattpad.

É incrível, quando começo a ler uma série tenho que ler todos os livros para ter uma opinião bem formada, porque nem sempre o primeiro volume é o mais atrativo e às vezes o conjunto todo é que tem a força.

Boa leitura, beijos! ♥

Continue Reading

Sinopses

P.S:. Ainda amo você – Jenny Han (#2)

By on

Editora: IntrínsecaCAPA_PSAindaAmoVoce_300dpi-683x1024

Páginas: 304

Lara Jean sempre teve uma vida amorosa muito movimentada, pelo menos na cabeça dela. Para cada garoto por quem se apaixonou e desapaixonou platonicamente, ela escreveu uma bela carta de despedida. Cartas muito pessoais, que de repente e sem explicação foram parar nas mãos dos destinatários.

Em Para todos os garotos que já amei, Lara Jean não fazia ideia de como sair dessa enrascada, muito menos sabia que o namoro de mentirinha com Peter Kavinsky, inventado apenas para fugir do total constrangimento, se transformaria em algo mais. Agora, em P.S.: Ainda amo você, ela tem que aprender como é estar em um relacionamento que, pela primeira vez, não é de faz de conta. E quando ela parece estar conseguindo, um garoto do passado cai de paraquedas bem no meio de tudo, e os sentimentos de Lara por ele também retornam.

Uma história delicada e comovente que vai mostrar que se apaixonar é a parte fácil: emocionante mesmo é o que vem depois.

Se interessou pela leitura?

Leia um trecho: P.S:. Ainda amo você.

Boa leitura, beijos! ♥

Continue Reading

Sinopses

A garota que perseguiu a lua – Sarah Addison Allen

By on 29/12/2015

Editora: Planetacapa-garota-lua6.indd

Páginas: 256

Emily Benedict foi para Mullaby após a morte de sua mãe. Ao chegar à cidade e conhecer seu avô ela percebe que os mistérios do lugar nunca são resolvidos- eles são uma forma de vida. Existem quartos cujo papel de parede muda de acordo com o seu humor, luzes estranhas aparecem no quintal à noite e Julia Winterson, a vizinha, consegue cozinhar a esperança em forma de bolos. Emily percebe que sua mãe esteve envolvida no maior mistério da cidade, e conta com a ajuda de Julia para desvendá-lo.

Boa leitura, beijos! ♥

Continue Reading

Sinopses

Histórias de duas cidades: Paris, Londres e o nascimento da cidade moderna – Jonathan Conlin

By on

Editora: Autêntica20150610105804

Páginas: 288

Paris e Londres sempre mantiveram uma fascinação mútua, que nunca foi tão intensa quanto nos séculos XVIII e XIX, quando competiam para ser a cidade mais importante do mundo. Muitos livros já foram escritos sobre elas, mas nesta obra Jonathan Conlin explora, pela primeira vez, o complexo relacionamento entre as duas cidades. É uma história de surpresas: Sherlock Holmes era, na verdade, francês, o cancã era inglês e o primeiro restaurante serviu comida inglesa em Paris.

Histórias de duas cidades examina e compara seis espaços urbanos – o lar, a rua, o restaurante, o music hall, o submundo noturno e o cemitério. Tomando emprestado, imitando e aprendendo uns com os outros, os cidadãos de Paris e Londres criaram esses pontos de referência da paisagem urbana moderna e, assim, definiram a vida urbana – para todos nós.

Boa leitura, beijos! ♥

Continue Reading

Resenhas

[Resenha] Como ter uma vida normal sendo louca – Camila Fremder e Jana Rosa

By on

Oii, boa tarde!

Fiquei conhecendo melhor as autoras Camila Fremder e a Jana Rosa através da Júlia Petit em seu canal Petit Comitê. Ela convidou as duas para conversarem sobre o novo livro: Enfim 30 e achei muito divertido não somente o título, como a maneira como elas tratam certos assuntos que para muitos são delicados.

Em “Como ter uma vida normal sendo louca” acontece da mesma forma, elas discutem assuntos diversos sobre relacionamentos entre amigos, familiares, namorados e tudo de uma forma descontraída, sem tanto limite e acanhamento.

Elas escrevem sobre tudo que queríamos falar e pensamos, mas não temos coragem e além disso dão dicas voltadas para acontecimentos específicos que provavelmente vamos passar um dia, como se ver diante de um futuro incerto aos 28 anos, terminar conversas chatas, espantar pessoas que insistem em conversar no avião quando você quer somente ler um livro ou apenas descansar e até sobre o famoso encontro da escola 10 anos depois da formatura,rs.

Vou citar alguns ensinamentos para terem uma percepção de como é o livro.

Ensinamento 2: O mundo da moda (ou como se portar em
um evento de moda como se fosse alguém na moda, não
sendo ninguém da moda)

Para começar, você precisa saber que mais de 80% das pessoas que estão em um evento de moda não são nada, mas acreditam que são alguém muito especial.
Alguém extremamente relevante, diga-se de passagem. Por aí já começa a primeira lição: o importante é acreditar, sempre!

O Ensinamento 9 “Como fazer com que ele termine com você” me fez lembrar muito do filme “Como perder um homem em 10 dias”, as dicas remetem muito ao filme, são engraçadas. Mas não pense que é um capítulo que vai te fazer terminar, pelo contrário, elas apoiam o relacionamento também, rs:

Se ele gostar de você tocando saxofone, com crise de ciúmes, esquecendo o nome da sogra e, principalmente, fazendo esculturas de papel machê caseiro, esqueça este livro e fique com ele. Ele realmente é o melhor namorado que você vai conseguir na vida.

Ensinamento 29 “Como parecer intelectual sem ser” é tão utilizado nas redes sociais, é claro que não se pode generalizar, mas se prestar bastante atenção vai se lembrar de alguém que faz igualzinho:

Escolha pelo menos duas palavras dessa lista e as acrescente no meio de qualquer frase quando estiver conversando com intelectuais e pseudo-intelectuais. Mesmo que você saiba que a frase não significa nada, basta falá-la com convicção.
Isso também vale para as redes sociais, em que quanto mais você falar coisas sem sentido, mais será respeitada.

Poderia comentar mais ensinamentos, mas iria perder a graça. O livro é ótimo, todos deveriam ler, tenho certeza que uma parcela vai ficar brava, discordar, achar um absurdo e isso vai acontecer ainda mais com os leitores que de alguma forma se enxergarão nos personagens abordados durante o livro.

comoterumavida

comoterumavida2

Achei divertido, elas conseguem abordar assuntos polêmicos e que normalmente são deixados de lado na maior parte das conversas por serem considerados “proibidos”, constrangedores e até tabu.

É uma leitura rápida e não é necessário seguir a ordem; no começo de cada capítulos elas escolheram desenhos que representam o assunto a ser falado, achei muito legal e criativo.

Parabéns meninas, e fica minha dúvida, como será escrever um livro a dois, será que há um revezamento ou a escrita ocorre ao mesmo tempo, ora uma escreve, ora outra e vão discutindo em tempo real? É bem curioso.

Boa leitura, beijos ♥

Continue Reading

Indicação do Leitor | Resenhas

[Resenha] Running Barefoot – Amy Harmon

By on 28/12/2015

Oii, boa noite!

A resenha de hoje é sobre um livro que me foi indicado, infelizmente ainda não foi lançado no Brasil, espero que alguma editora o faça.

Josie é uma menina de apenas treze anos que se depara com a perda da mãe precisa aprender a lidar desde muito cedo com as responsabilidades e cuidados com sua família como única filha mulher. Ela se descobre quando conhece a música, especialmente o piano e a música clássica. Foi desde muito moça que começou a aprender a tocar esse instrumento que requer muito tempo e dedicação e foi com Samuel que compartilhou o amor pela música.

De uma maneira inesperada, Josie e Samuel começam a ser amigos, tudo começa quando dividem o banco do ônibus escolar e aos poucos vão se conhecendo e a timidez que afligia ambos, vai diminuindo. Além do amor pela música, Josie também é apaixonada pela leitura, adora conhecer novas histórias e saber o significado das palavras é muito importante para ela, por isso carrega seu dicionário na bolsa e para se recordar de algumas palavras e até mesmo citações e frases resolve fazer anotações na parede acima de sua cama. E assim como com a música, ela não só a apresenta ao Samuel como começa a ajudá-lo conversando e discutindo sobre os livros que passam a ler juntos.

E é assim que uma boa amizade vai sendo construída, o único problema é que ela se apaixona por ele, um amor inocente que infelizmente não é correspondido, pelo menos é o que ela acredita, e um dos motivos é a diferença de idade, enquanto ela tem apenas 13 anos, ele possui 18 e qualquer envolvimento que não a amizade seria mal visto inadmissível por todos, inclusive por seu pai e irmãos.

No desenrolar da história, ele entra para os fuzileiros navais e ela continua o sonho de estudar música, se dedicando a cada dia; depois de um tempo, as cartas que trocavam vão se tornando esporádicas e a amizade vai sendo esquecida. Ela percebe que não pode mais sofrer por Samuel e segue em frente com sua vida, até conhece um jovem que a faz muito feliz e que lhe propõe casamento.

Quando Josie imagina que não pode ser mais feliz, tragédias começam a acontecer e ela vai ter que ser forte e decidir o que é melhor para sua vida. Entender que às vezes o destino parece muito cruel, quando na verdade ele está apenas nos preparando para o melhor.

resenhailustradarunning2resenhailustradarunning3

É difícil definir em palavras  o que senti quando terminei a leitura, é uma história sensível, cativante e muito bonita, daquelas que vai arrancar lágrimas dos leitores mais emotivos.

Boa leitura, beijos! ♥

Continue Reading