Resenhas

[Resenha] A Garota no Trem – Paula Hawkins

11/10/2015

Oii, boa tarde!

A resenha de hoje envolve um livro da lista de setembro, já faz um tempo que li, eu ilustrei, mas tive um pequeno problema, ao desenhar o trem, estava odiando alguns detalhes, fiz e refiz e hoje quase comecei tudo novamente, mas depois de uns ajustes, até que ficou melhor,rsrs.

A história começa tranquila achei até meio fraca, mas não quis abandonar. Começa com as idas e vindas de Rachel, todo dia ela pega o trem de Ashbury para Londres e durante o caminho acaba passando em frente a sua ex-casa onde seu ex-marido mora com uma nova mulher e não só isso, ele agora tem uma filha. É muito difícil, porque o término da relação aconteceu de forma rápida e por conta de uma traição da parte dele e o fato de ter outra mulher na casa onde era dela, a deixa triste. Além dessa visão, Rachel ainda se depara com a casa de um casal que mora bem próximo de onde ela morava e parecem muito felizes, o famoso “casal perfeito”, tanto que a mesma lhes dá um nome fictício de Jess e Jason. A perfeição dura até o dia em que Rachel testemunha uma cena estranha e mais tarde fica sabendo pelos noticiários que a Jess sumiu. Diante dos fatos, resolve ir a delegacia contar o que sabe. O problema é saber se a polícia vai acreditar nas palavras de uma alcoólica que não esqueceu seu ex e vive mandando mensagens e aparecendo na casa do mesmo sem convite.

Eu comecei a ler no ônibus indo para a faculdade, um pouco a cada dia, até que a história estava tão envolvente que li em casa, nem senti o tempo passar, a história é um suspense, você se sente confusa quanto aos acontecimentos, em um momento tal personagem é suspeito em outro é vítima, ou seja, a autora conseguiu manipular muito bem os leitores e deixá-los curiosos a respeito do que pode ter ocorrido e se realmente ouve um crime.

Eu indico para todos que adoram um bom thriller, garanto que não é assustador, aqueles livros que não vão te deixar dormir, pelo contrário, rs! Senti uma certa semelhança com o livro “Gelo Negro” da autora Becca Fitzpatrick, não em relação a história em si, mas com relação a escrita e o gênero.

agarota

Boa leitura, beijos! ♥